Separadores

ATENÇÃO

Este blog é pessoal demais. Este blog dá de si e do seu espaço, da sua liberdade, do seu pensamento e, sobretudo, do seu coração.
Acima de tudo: "Eu escrevo como falo, como sonho, como penso."
Por isso SEGUE O QUE SENTES.

18/02/2010

Talvez

Por vezes não quero saber das regras, por vezes quero pintar o meu mundo ao meu jeito, por vezes só quero fugir sem dizer a ninguém, por vezes apetece-me desligar-me daqui, desligar-me de tudo e viver cada emoção como se fosse a primeira vez e se pudesse ser contigo, melhor! Desligavamo-nos os dois do mundo e vivia-mos intensamente cada emoção, assim bem abraçados de preferência. E eu digo abraçados talvez porque gosto do teu cheiro, cheiro a verão, a calma (talvez por seres calmo), talvez porque gosto do teu sorriso perto do meu, talvez porque gosto de quando olhas pra mim nos olhos, quando desafias as leis, quando és invencível, quando consegues tudo. Talvez porque gosto quando não desistes. Talvez porque gosto de quando gosto de ti e por isso talvez esquecesse o mundo por ti, talvez pegasse numa mala e fugisse, sem medos, sem complicações, sem regras.


(fotografia por Catarina)

Sonho tanto, eu...

11/02/2010

A revolta dos pastéis de nata

PS: NÃO ACONSELHO A PESSOAS QUE DESCONHEÇAM O MEU LADO NEGRO, O LADO QUE NÃO TEM PENA DE NINGUÉM E QUE SE FARTA DAS PESSOAS ESTÚPIDAS QUE POR AQUI ANDAM. ESTE POSTE E ALGUMAS COISAS PODEM NEM FAZER SENTIDO, MAS JÁ NEM QUERO SABER DISSO PRA NADA! OBRIGADA (depois não digas que eu não avisei ;D)

Voltei e não foi a pedido de muitas famílias, foi porque quis e porque até agora não precisei mas pronto, cheguei ao meu (quase)limite e tinha que vir cá. Das coisas que mais detesto é falta de organização, o que é curioso porque eu nem sou muito organizada e até me esqueço bastante das coisas, etc, mas irrita-me! É isso e é a má vontade, isso então é do piorio!

Sabem como é, quando parece que toda a gente á nossa volta quer que tudo seja como elas próprias querem e que nem estão dispostas a dar o braço a torcer? Aquelas pessoas que aproveitam a nossa boa vontade e a parte de querer ajudar mas elas fazem de nós um boneco? E o mais engraçado (sim porque estas situações tornam-se engraçadas de tão stressantes que são e eu desato-me a rir porque arranjam TANTOS problemas onde eles NEM EXISTEM) é que às vezes as pessoas nem são assim, picuinhas, mesquinhas, idiotas, por tanto...
Bem meus amigos, deixo umas dicas:
1º- Quando não sabem, não compliquem e deixem pra quem sabe.
2º- Não queiram o mal da vida dos outros quando a vossa não corre às mil maravilhas, a vida dos outros NÃO TEM CULPA ;)
3º - Se é pra fazerem alguma coisa de má vontade, não a façam que as pessoas notam e vocês é que ficam mal vistas (e isso hoje em dia é muito importante - TRETAS PAH!)
4º - Não queriam as coisas SEMPRE como vocês querem, se assim fosse teria que haver (pelo menos) um mundo para cada um de vocês.
Sim digo VOCÊS porque EU NÃO SOU ASSIM e recuso-me a ser! Ah e a mim ninguém me faz de boneco!
RESUMINDO, O PESSOAL É TODO ANALFABETO...