Separadores

ATENÇÃO

Este blog é pessoal demais. Este blog dá de si e do seu espaço, da sua liberdade, do seu pensamento e, sobretudo, do seu coração.
Acima de tudo: "Eu escrevo como falo, como sonho, como penso."
Por isso SEGUE O QUE SENTES.

28/05/2012

Estragas o romantismo

Falamos mal um com o outro, discutimos muito, todos os dias pelo menos, e somos um bocado estúpidos na forma de discutir. Ambos achamos que temos sempre razão, e muitas vezes é por isso que a discussão começa. Somos imaturos, mas achamos que somos donos do nosso mundo, que a nossa liberdade é infinita e que podemos sempre fazer tudo o que queremos, quando queremos, porque somos nós que controlamos o mundo e, por isso, somos impulsivos, explosivos e orgulhosos, mas nem muito, porque somos incapazes de estar separados durante muito tempo. Acabamos por não medir a força, nem os actos nem as palavras. Não queremos saber de nada, nem de ninguém, a não ser de nós próprios, somos egoístas. Temos uma paciência infinita um com o outro porque afinal já nos conhecemos à algum tempo, e isso faz com que saibamos lidar com aqueles que gostamos. 
Mas entre tantas semelhanças somos tão diferentes: não és em nada o meu estilo e eu não sou nada o teu; foges à regra em tudo, já eu sigo as instruções. Desconheces os meus gostos mais profundos e eu desconheço os teus, embora tente, a todo o custo, surpreender-te com pequenas coisas. Não sabes ser amoroso, não há nenhum pingo de carinho genuíno naquilo que me fazes, e quando o tentas dizes logo de seguida, no teu tom triunfante, de proveito, vitória e mérito "Fui mesmo querido, agora!" e lá estragas todo o romantismo que uma rapariguita de 18 anos patética do século XXI tanto cultiva neste blog. Uma rapriguita que acredita verdadeiramente na ingenuidade e na pureza do amor.




Uma pessoa nunca sabe porque ama

Quando se ama a sério, fica-se cego. É como se o coração se metesse literalmente à frente dos nossos olhos e deixasse-mos de ver algo mais para além dele somente. Eu uso muitas metáforas e exagero nas vezes que não me ligas nenhuma, mas a veia da escrita às vezes fala mais alto, e eu sinto o que escrevo sempre cá dentro, sempre num tom romântico de donzela perdida. E é por isso que o amor sem amor que me dás não se pode generalizar, porque só não me dás amor nenhum quando eu o espero mais que nunca. Tu és assim por natureza: um pouco frio, distante, não sabes medir o amor, porque nunca o sentiste antes. Não és de mostrar afecto à frente de toda a gente. És daqueles que gosta do silêncio e que gosta da conversa, és reservado mas extrovertido. Eu devo ser das poucas pessoas que sabe quase tudo sobre o teu passado, quando muitos nem sonham metade. E nem essa frieza me faz levantar dúvidas em relação a querer estar contigo. Porque, de alguma maneira, mesmo sem teres coragem de dizer as coisas que eu gostaria de ouvir, completas aquilo que me falta e enches-me o mundo. Embora sejas fácil de gostar mas difícil de amar. E eu sei que também não sou fácil, e sei que, para lá do mel todo que te tenho para dar, está a minha verdadeira essência, aquilo que eu sou por completo e tu conheces, e gostas de mim, independentemente de tudo, independentemente do que eu te diga. És de poucas palavras e de poucos gestos genuinamente românticos, mas tens um coração grande, embora o meu seja sempre maior. Mas fazes magia: fazes-me feliz.
Uma pessoa nunca sabe porque ama, nem o que ama, realmente. Apenas ama, só porque sim. Porque o amor é uma coisa que acontece, e só depois se constrói.

26/05/2012

Lugar a mais

O ano ameaça acabar. Sinto-me cansada. E tu não ajudas.
Em vez de me fazeres sentir melhor, ignoras as minhas preces, não entendes os meus olhares e eu bem te suplico que me abraces e me digas que está tudo bem, mas é inútil... Só precisava que me desses um beijo sério, capaz de me dizer tudo aquilo que não tens coragem, tudo aquilo que receias que eu saiba, tudo aquilo que não sabes explicar.
Gostava que tivesses mais coração, assim mais do tamanho do meu, mas acho que será pedir-te demais, porque as pessoas são todas diferentes, e os corações não têm todos as mesmas dimensões. 
Eu percebo isso, e percebo a tua leveza perante a vida e as coisas, e percebo que nunca tenhas tido alguém como eu que, quando apaixonada, é completamente cega.
Mas mesmo quando me dizes que me amas, fazes-me sentir como se eu estivesse a ocupar lugar a mais na tua vida.

22/05/2012

Os opostos

São os opostos, são as energias, chama-lhe karma, chama-lhe destino, diz-me que não há coincidências. 
Chama-te lua, fria e escura, e chama-me sol, quente e vivo, nós que tentamos encontrar o nosso equilíbrio juntos, mas nunca entendemos que se calhar estamos destinados a um mundo que nos separa.



Ama-se

«Ninguém ama outra pessoa porque ela é educada, veste-se bem e é fã do nosso ídolo. Isso são referências. Ama-se sim pelo cheiro, pelo mistério, pela paz que o outro lhe dá, ou pelo tormento que provoca. Ama-se pelo tom de voz, pela maneira como os olhos piscam, pela fragilidade que se revela quando menos se espera quando essa pessoa nos atinge o coração.»
Arnaldo Jabor

E tu sempre foste a minha calma mais inquietante. O meu sorriso mais vincado e a minha zanga mais furiosa. Nós gritamos muito, esbracejamos ainda mais, viramos costas um ao outro, digo-te "não fales mais comigo" cinquenta vezes e tu ris, sempre a gozar-me as frases crianças que só querem chamar a tua atenção. Acho que não sou muito boa nisso, de chamar a atenção. Eu gosto do mistério, do discreto, o que é evidente perde toda a graça, toda a magia, e é por isso que tento que o meu olhar seja subtil, é por isso que pouco te revelo do que penso e tu, mesmo achando que me conheces tão bem, não conheces assim tão afundo afinal. Mas tu, tu sempre foste uma confusão, uma confusão simples como eu, e é por isso que nos damos tão mal que acabamos por nos dar tão bem. Tu, meu furacão de emoções.

20/05/2012

Sabes o que é lixado?


Sabes o que é lixado? É que é tudo tão verdade e as duas coisas tão difíceis: amar quem não merece. E ser amado quando não se ama de volta.

E já dizia uma frase cliché "O amor só é bonito quando são dois a amar."

What.Inspires.Me

Eu adoro esta música e encontrei, por mero acaso, um vídeo que foi introduzido nela, como um Videoclip não oficial, e achei fenomenal (pela brasa que o representa e porque está realmente simples e bonito.)


E fica também uma imagem que me inspirou MUITO, hoje:



Boa semana artistas, que a minha vai ser a pior de sempre. *

19/05/2012

Alter-ego

Todos somos algo que ninguém conhece. Todos somos alguém que sempre desejámos ser. Todos, em nós, temos mais gente, porque somos sempre diferentes com cada pessoa que se cruza connosco. Quando eu ando na rua sozinha, sou uma pessoa. Quando escrevo, sou outra pessoa. No meu grupo de amigos sou mais uma. Em casa, outra diferente. E também na escola, sou alguém com semelhanças do grupo de amigos mas com mais arte na veia. Quando estou em festas sou uma muito diferente. E quando me metem Drum and Bass e Dubstep no corpo expludo alguém novo. E sou ainda aquela quando se apaixona. E sou tantas, em tão pouco corpo.

Este é um dos tantos meus alter-egos. 

Esses que nunca se saberá quais os reais e quais os fictícios...

---

15/05/2012

5 segundos

Talvez seja por isso que te amo, porque sou masoquista neste amor sem amor palpável, mergulhada na sempre incerteza se amanhã me sorrirás de manhã bem cedo quando os nossos olhares se cruzarem. Sabes, ás vezes só preciso que me olhes 5 segundos. 5 segundos, olhos nos olhos, com a ternura que só tu sabes ter no teu olhar lânguido e penetrante.


E esse 5 segundos já me enchiam o coração por completo.

12/05/2012

. 23

Estou encantada com este rapaz: QUE VOZEIRÃO!



Desafio

Já não era desafiada há já muito tempo, pelo que desta vez fui pela blogger JM do blog STOP FOR A MINUTE AND SMILE. E siga o desafio:

1. Signo: Touro
2. Data de Nascimento: 3 de Maio de 1994
3. Cor de olhos: Castanhos, Verdes. Quando lhes apetece.
4. Altura: 1,56 (? sem certezas)          
5. Comprometida ou solteira? Sonhadora.
6. Qual é o teu nome do meio? Tenho 4 nomes, não há meios.
7. Se fosses arrastada para uma guerra, sobreviverias? Provavelmente não, as pessoas boas vão sempre mais depressa que as más.
8. Qual é a cor da tua roupa interior hoje? Preto e cor de laranja.
9. Dormes com a tv ligada? Não.
10. Consegues escrever rápido no computador? Sim e sem olhar (sou mesmo fixe pá!)
11. Quando foi a última vez que escolheste um duche em vez de um banho de imersão? Todas as manhãs!
12. Com quem é que tu sabes que podes sempre contar? A minha Catarina de sempre.
13. Estás a beber alguma coisa neste momento? Água! :)
14. Falas enquanto dormes? Sim, e ando!
15. Qual é a foto que tens no fundo do ambiente de trabalho? O pôr do sol do Algarve no meio do mar que tiramos no Verão passado.
16. Tens o sono profundo? Tenho às vezes, mas acordo à mínima coisa.
17. As outras pessoas acham-te atraente? Penso que algumas sim, mas penso que me acham mais bonita que propriamente atraente x)
18. Sentes saudades de alguém neste momento? Não.
19. Quando foi a última vez que disseste a alguém que o amavas e realmente sentias? Ontem.
20. Qual foi o último desporto que praticaste? Praticar sem ser na escola, ginásio/corrida. Senão, desporto mesmo Futsal.
21. Como te sentes hoje? Com calor mas muito bem disposta.
22. Quem foi a última pessoa com quem partilhaste a cama? Com a Cuca ahah
23. Alguma vez foste mordida por alguém? Sim
24. Alguma vez mordeste alguém? Sim
25. Qual é a pior coisa no sexo oposto? Nunca perceberem uma mulher
26. O que está no fundo do teu guarda-roupa? Roupa para ir vender e camisolas para dormir.
27. Qual foi a última coisa que tiveste na tua boca? Água.
28. Qual é a tua filosofia de vida? "O que vai, volta."
29. Com o que é que estás ansiosa? Com o Verão!
30. Alguma vez trepaste para uma janela? Penso que não, mas gostava!
31. Que três coisas te levam sempre a sítios? Pessoas, compras, interesse apenas.
32. Tens uma queda por alguém? Sim!
33. Quão frequentemente falas ao telefone? Com alguma frequência.
34. O que fazes quando ninguém está a ver? Canto x)
35. Há algo que queiras e não possas ter? Não, não acho que nada seja completamente impossível.
36. Três coisas que reparas de imediato no sexo oposto: Sorriso, mãos e roupa.
37. Onde está o teu telemóvel? Ao meu lado.
38. O que foi a última bebida alcoólica que bebeste? Vinho tinto
39. Qual é a tua cor favorita? Não tenho só uma, gosto de rosa, azul turquesa e roxo.
40. Qual foi o último filme que foste ver ao cinema? Incrível como não me consigo recordar :o E eu adoro ir ao cinema!
41. Que música estás a ouvir? Nenhuma
42. Quem foi a última pessoa com quem falaste? Com a minha irmã
43. Usas que champô? Este: http://www.henkel.pt/ptp/content_images/GLISS_HairRepair_champo__236384_print_1772H_1772W.jpg
44. Mais velha, do meio, mais nova ou simplesmente uma criança? Do meio
45. Quem admiras? A minha mãe e a minha avó
46. O que te faz mais feliz? Ter tudo o que é importante
47. O que é que odeias? As pessoas não perderem tempo a conhecerem-se umas às outras.
48. O teu homem perfeito? Terá que me fazer rir.
49. Se pudesses mudar uma coisa em ti, o que mudarias? Pernas mais finas, anca menos larga.
50. O melhor tipo de festa? O sorriso.
51. O que te vês a fazer daqui a 10 anos? A escrever livros e a beber café no chiado
52. Bebida alcoólica? Sangria
53. Shot? Forte e doce.
54. Aftershave/Perfume? este: http://3.bp.blogspot.com/-TCsdmmYp0yw/TtqLoDGbt1I/AAAAAAAAAx0/i-tKXYX2LLQ/s1600/Springfield-woman-edt-100mL-vap.jpg
55. Filme? "Remember me."
56. Sítio? Deitada numa cama de rede.
57. Número? 3
58. Mês? Maio ou Junho!
59. Gelado? Não sou grande fã, mas adoro daqueles que se escolhem os sabores e mete-se num copo.
60. Dia do ano? Todos os dias são importantes, ainda não existe nenhuma data que me marque.
61. Flor? Túlipa
62. Já alguma vez fizeste um papagaio voar? Sim
63. Alguma vez comeste um cachorro quente? Sim
64. Alguma vez bebeste leite do pacote? Não.
65. Alguma vez ganhaste um concurso de soletrar? Nunca participei em nenhum
66. Alguma vez tiveste na casa de banho do sexo oposto? Sim
67. Curtiste com alguém em frente a uma multidão animada? Sim
68. Já alguma vez amaste alguém de verdade? Sim!
69. Alguma vez partiste um osso? Sim, a cabeça.
70. Alguma vez cantaste num palco? Sim
71. Alguma vez caíste duma cadeira? Sim x)
72. Alguma vez ficaste com a língua colada a um gelo? Não
73. Alguma vez fizeste bumgee jumping? Não, e morreria de medo
74. Alguma vez saltaste de uma rocha? Penso que não
75. Alguma vez flashaste alguém? Sim com a máquina fotográfica.
76. Alguma vez choraste p'ra te safares de sarilhos? Não, nunca precisei de chegar a tanto
77. Alguma vez jogaste strip poker? Não
78. Beijaste alguém que não conhecias? Não!
79. Estiveste perto de morrer? Não, acho que nem lá perto.
80. Nadaste no oceano? Sim.
81. Alguma vez levaste pontos? Sim, na cabeça.
82. Alguma vez foste hospitalizada? Não.
83. Dia ou noite? Os dois
84. Sol ou chuva? Sol
85. Dormes com algum peluche? Não.
86. A tua posse que mais prezas? O Ipod!
87. Danças bem? Nem bem nem mal, mas com os copos tudo dá para dançar!
88. Já alguém, para além da tua família, te disse que te amava? Sim
89. Quantos piercings/furos tens? 5.
90. Diz o nome de 5 coisas que estejas a usar: T-shirt, calções, cuecas, sutien, túneis (alargadores).
91. Alguma tatuagem? (ainda) não
92. Que tipo de bêbeda és tu? Daquelas que ri e que fala muito
93. Gostas de ti? Sim, sempre! Se eu não gostar de mim, ninguém gostará.
94. Beijos, ou abraços? Abraços!
95. A última pessoa que abraçaste: Uma amiga minha ontem
96. A última coisa que compraste: Bolachas
97. A última pessoa que te mandou uma sms: Um amigo meu
98. A última vez que tomaste banho: Hoje às 8:30h da manhã
99. És demasiado tímida p'ra convidar alguém p'ra sair? Não! Ahah
100. O que estás a pensar? Que isto nunca mais acaba e que tenho trabalhos da escola para fazer e que era mesmo bom se conseguisse despachar isso tudo hoje.
101. A melhor maneira para que alguém saiba que gostas dele é...? Mostrar-lhe, dizer-lhe.
102. Tu sabes que eu gosto de ti, se...? Se eu te abraçar com muita força e de ter um beijinho no ombro.
103. Gostas de chocolate? Gosto, especialmente de chocolate Branco
104. Quanto dinheiro tens? Cento e tal.
105. Onde te queres casar? Não me quero casar.
107. O que queres ser na vida? Escritora, mas quero ser sobretudo, feliz.
108. Preferias morrer queimada ou afogada? Afogada, pois só sentiria o sufoco em vez da queimadura.
109. Preferes dar, ou receber uma massagem? Receber!!
110. Há algum Tiago no teu círculo de amigos? No círculo mais próximo não
111. Beijaste alguém no teu círculo de amigos? Sim
112. Guardas rancor? Não, não sou muito disso.
113. Com quantas pessoas do teu círculo de amigos já estiveste bêbeda? Com todas ahah. Os amigos são para todas as ocasiões.



Regras do desafio:
1. Divulgar quem te mencionou o desafio: JM.
2. Passar a 5 pessoas: Não gosto muito de passar desafios, eu desafio TODOS os que lerem este blog e a dizerem-me para eu ir ler :)
3. Avisar essas 5 pessoas. POIS ahah

10/05/2012

O amor é fodido

Incrível como nunca entendes nada do que te digo, senão o disser de forma clara e completamente perceptível. E achas que sou previsível, quando quem prevê quando nunca entendes nada do que te digo sou eu. És incrível, juro-te que nunca conheci ninguém como tu: dizes que gostas e não há provas a provar o contrário, mas no entanto não demonstras. Ou talvez seja eu a querer exigir demais de ti, mais do que tu me podes dar, porque eu estou habituada a um amor pleno, e tu dás-me amor pela metade, quando chega a isso. Mas enches-me o sorriso e, às vezes, o coração. Mas como dizia o livro de Miguel Esteves Cardoso, o amor é fodido. “Dávamo-nos mal, mas éramos inseguros e um bocado estúpidos na forma de discutir, pelo que lá fomos aguentando.”
"O amor é cruel, o amor é egoísta, é absorvente, inebriante."
De antes eu achava que apenas gostavas de mim, quando eu já te amava na minha forma de te amar. “Foi «gostar» o verbo que empregaste. E eu não tive a coragem de fugir de ti naquele momento e explicar-te que como tu gostavas de mim, eu gostava de ananás, de sair à noite, de comprar azulejos nos antiquários.” Mas afinal não, quando ouves o meu nome apetece-te dizer-te que sou tua, embora eu nunca poderei vir a ser de ninguém, já que até a mim própria a minha alma me foge. 
E tu também me foges, tantas vezes. Não sei se com medo de mim ou medo do que sentes por mim. E é essa dúvida que me ecoa todos os dias.







. 22

E o que é que é óptimo para começar logo a semana em beleza? MÚSICA!











(e nesta eu estou viciada!)


PS: eu sei bem que todas estas músicas não são de um género específico, mas eu também não sou específica, sou apenas singular, tal como cada uma delas, que todas eu gosto e tenho ouvido e por isso, são um pouco do que eu sou. Eu sou apologista de tu te revelas um pouco naquilo que ouves, e é por isso mesmo que tenho uma fixação por pessoas e conhecê-las, quando vou a casa das pessoas vejo-lhes o armário da roupa e quando estou com elas gosto de saber que músicas lhes soam aos ouvidos e lhes tocam as almas. E como já disse antes, cada maluco com a sua pancada! :)

09/05/2012

Porque é que o amor não funciona hoje em dia (pelo menos na juventude...)

‎"Queres saber porque é que as relações normalmente não resultam?
Porque conversar virou mandar mensagens, os argumentos são telefonemas, os sentimentos tornaram-se subconscientes mensagens online, o sexo tornou-se fácil, a palavra "amor" é usada fora do contexto, inseguranças tornaram-se a tua forma de pensar, ficar com ciúmes virou hábito, a confiança perdeu-se, trair é um acidente, acabar tudo é a única opção e ficar magoado tornou-se natural." É por isso que as relações não funcionam, porque toda a magia que envolvia amar virou o pó que se sopra e se espirra nas caves das casas sós e abandonadas.
E perde-se assim toda a essência da única coisa que realmente importa neste mundo.


Mas um dia talvez o tempo mude, e as pessoas voltem a saber amar, como o antigamente: genuinamente...

06/05/2012

Calpe

Relembrando a semana inesquecível com as princesas...





Eu

Apartamento Esmeralda

Apartamento Esmeralda

Apartamento Esmeralda


(da esq. para a dir.) Eu, Mariana e Inês
(em baixo) Sofia
Eu, Mariana, Vilma, Catarina, Sofia. 
LAS CHICAS DA MINHA VIDA! 

Eu, Vi, Cat

Eu e a Cátia, no apartamento dela

No bus, na longa ida para Calpe

No bus

No bus, in the morning

In the morning

Quase a chegar...

As ninas do 6ºC

Num dos bares ao pé da praia

*


Uma pessoa não escreve o que quer, escreve o que pode.

Já dizia Margarida R. P. que "Uma pessoa não escreve o que quer, escreve o que pode." e por isso, por agora não há nada de novo pra escrever. Ficam, então, as palavras de Margarida numa entrevista sobre o sei primeiro romance, Sei Lá, que pode ser vista aqui:

«Quando eu comecei a publicar, ninguém sabia muito bem o que eu estava a fazer e era difícil de definir, era um estilo novo. Quando não há rótulos para as coisas, as pessoas ficam um bocado atrapalhadas porque gostam sempre de ter [tudo] muito definido. A novidade, a diferença em Portugal nem sempre é bem recebida. Eu acho que as mulheres escrevem de maneira diferente dos homens. As mulheres sentem e vêem o mundo de outra maneira. (....) O Livro não é nem uma obra de arte, nem um objecto de entretenimento: o livro é uma viagem. O importante é que um livro dê a uma pessoa qualquer coisa: uma frase, uma ideia, um conceito, um pensamento. Eu costumo dizer que um livro que nos dá qualquer coisa já é um livro bom.»



E é por isso mesmo que quando não tenho palavras minhas, passo tempos a ler para ver se as palavras dos outros fazem as minhas falarem comigo :)


E boa semana *

. 21


«Nós temos que perceber que o homem não pensa o mesmo que uma mulher, na mesma situação; que não exprime o seu sentimento da mesma maneira; que não fala no mesmo tom; que se levanta para passear pela sala mas não passeia como a mulher. São coisas diferentes. (...)
A cabeça de uma mulher é capaz de ser mais complicada do que a de um homem. Também acho que varia com o tempo e com a idade. Os homens tendem a simplificar as coisas e as mulheres não, tendem a complicar. Mas talvez eu esteja errado. Mas é assim que eu penso.» 
Miguel Sousa Tavares 




...e PARABÉNS atrasados para MIM! *

01/05/2012

. 20

Eu quase a fazer 18 aninhos e hoje é dia de compras.

E, como já faço sempre, a minha lista de desejos que quero para comemorar esta data que marca a minha (suposta) viragem da idade da adolescência para a idade adulta - o que é só aos olhos da lei porque eu vou ser sempre uma eterna criança sonhadora!

*
- Fazer as minhas tatuagens:

- Coisas que não preciso mas que gostava mesmo de ter:
(que infelizmente já esgotou -.-'''''')


*continua...*


Beijos a todos e uma boa semana!  ♥