Mensagens

A mostrar mensagens de Março, 2013

Estamos perdidos

Imagem
É noite. Tentas beijar-me, eu afasto-me. Pegas na minha mão, estás gelado e dizes coisas que nunca imaginei saírem-te da boca. Tenho medo. Tu também tens. Estamos os dois perdidos: no mundo, na vida e um no outro. Penso se algum dia encontraremos o nosso caminho, se nós dois valerá a pena. Eu tentei fugir, o máximo que consegui, mas tudo o que consegui foi uma distância que nos fez ter saudade que não se apaga. A saudade é sempre impossível de apagar. Haverá sempre aquela força que não se explica, que numa noite liga e no outro dia não desata. Parece que se passaram anos desde que te conheci e  nossos corpos se fundiram como a chuva se funde no oceano. Não, não é só o corpo que se funde, é a vontade que o corpo tem, aquela vontade irracional porque nestas coisas do amor a cabeça desliga e só o coração manda, aquele feeling bom dentro de nós que é constante quando estamos perto um do outro e que aumenta quando estamos longe. Ainda ontem te vi e já me queres amanhã. Morremos de saudade…
«Porque eles acabam e recomeçam; ciclicamente, como os movimentos do Sol e da Lua. Eles morrem e ressuscitam, recorrentes, como a passagem das estações.»

Sun Tzú, A Arte da Guerra, Samuel B. Grittith

As mulheres mentem tão bem

Imagem
A vida resume-se a uma coisa muito simples: a um amontoado de situações que resultam de decisões que tomamos constantemente na nossa existência. Aquilo que nos tornamos é o que resulta dessas circunstâncias que nos põem à prova. Aquilo que tu és resulta daquilo que te aconteceu, daquilo que não tiveste culpa mas que não consegues esquecer nem ultrapassar. Ela magoou-te. Quebrou todas as promessas que outrora fizeram um ao outro, ela quebrou o feitiço mágico em que tu acreditavas que era amor. Ela fez com que tu te sentisses nada, com que tu não valesses, com que tu não tivesses significado nem importância após tanto tempo juntos, que tudo o que viveram fora mentira, um gasto de tempo que jamais conseguirás recuperar. Ela magoou-te, arrastou-te para uma ponte, arrancou o teu coração, rasgou-o ao meio, atirou-o para bem longe, para um sítio onde nunca mais o pudesses ver, para o sítio onde vão as coisas perdidas e nem retorno, para o vazio, para um buraco negro da cor dos olhos dela e …

Uma saudade eterna

Este dia parece não ter fim... As horas passam e vejo o relógio parado. Talvez tenha sido só eu a parar no tempo. Talvez o tempo tenha sido solidário e parou comigo. Não... O tempo está parado e eu ás voltas. Hoje foi o dia mais difícil de toda a minha curta vida, até então.
Que o brilho dos teus olhos azuis perdurem para sempre perto da minha alma. Tudo está ligado, e há coisas que são para sempre. 
Alexandre Gaspar ♥ XII - I - MCMXXXIV