Separadores

ATENÇÃO

Este blog é pessoal demais. Este blog dá de si e do seu espaço, da sua liberdade, do seu pensamento e, sobretudo, do seu coração.
Acima de tudo: "Eu escrevo como falo, como sonho, como penso."
Por isso SEGUE O QUE SENTES.

18/10/2009

10 anos

10 anos. Muita coisa se passou em 10 anos. Crescemos, ficamos maiores, fomos aprendendo, cometemos erros, rimos e choramos bastante, abraçamos e saltamos até à exaustão. Carinhos mais que significativos, conversas mais que importantes. Foram 10 anos bem passados, ao lado de quem se tornou mais importante que tudo. Tu poderias contar-me mil e uma histórias de embalar sem eu adormecer, pois a tua doce voz faz-me sonhar acordada. Tu poderias ficar sem falar comigo mil e um dias, e eu continuaria a amar-te como no início. Tu poderias cantar mal pra raios e ser irritante até dizer chega (o que ainda bem que não acontece xD) mas se acontecesse, eu jamais me fartaria de ti. Se te acontecesse alguma coisa à qual a tua vida dependeria, tu sabes que daria a minha vida por ti. Tu sabes que se caires, eu vou estar lá pra te dar a mão, ou melhor, vou-te agarrar pra que isso não aconteça. Tu sabes que 10 anos com alguém é mais que amizade. Tu és mais que uma amiga. Melhor amizade não é dizer que se ama, é cumplicidade e irmandade, é reconhecer os defeitos e admirar as qualidades. É dizer um turbilhão de palavras pelo olhar, sem os lábios mexerem, e saber que foi a maior conversa que já tivemos. É dar o ombro pra chorar, pra rir e pra aquecer. É abraçar longamente e esperar que o dia seguinte chegue pra ter o abraço de novo. É ter alguém por perto, sempre pronto a escutar. É ter alguém de que se ama e que não se quer perder. É ter uma melhor amiga. É ter uma irmã. É ter-te a ti.
Obrigada por estes 10 anos, e que venham mais 70 mil.
Eu amo-te.

15/10/2009

O meu quadro

Eu pintava no meu cavalete, as cores mais brilhantes que haviam, as cores dos teus olhos e tu eras o meu pincel, aquele que eu usava nos meus quadros. Podia nem pintar nada, a vida não passa de traços abstactos pintados com as cores que queremos, eu escolhia as tuas. Agora escolho as cores que me calham nas mãos, as misturas que faço, pinto com as cores nunca antes vistas e muito mais brilhantes. Agora continuo a pintar, pinto sem ti, sem as tuas cores e sem o teu sorriso. Agora sinto a tinta nas minhas mãos. Agora eu pinto com os dedos.

09/10/2009

Abre os olhos

Abre os olhos e vê se não te enganas tanto. Estás tão diferente, tão estúpido e tão frio que nem notas a diferença. Agora responder com palavras geladas é o teu menu do dia preferido. Já não sabes ser como dantes, ser querido mesmo sem dizer palavras. Já não sabes olhar e sorrir de felicidade para as pessoas. Já não sabes ser tu. Deves estar mais feliz, parabéns! Já não és único, tornaste-te igual a todos os outros. Se a desculpa de muitos para a tua mudança é a idade que faz crescer então se isso muda assim tanto uma pessoa, cresce mais um pouco e aprende por ti próprio!
Ah mais uma coisa, eu não te vou chatear e nem penso andar atrás de ti feita parva, se precisares de mim, tu sabes onde me encontrar. Espero que nunca fiques sozinho.

03/10/2009

Sonho

De todas as vezes que fecho os olhos pra dormir és tu em quem eu penso. Penso nas coisas que te poderia ter dito, nas coisas que poderia ter feito, nos erros que cometi, no quanto eu gosto de ti.
De todas as vezes que fecho os olhos pra dormir é pra te encontrar no meu sonho profundo, pra vestir a tua camisola com o teu cheiro incrivelmente doce.
De todas as vezes que fecho os olhos pra dormir é pra estar contigo, pra te poder sentir de perto.
De todas as vezes que fecho os olhos tenho medo. Medo do sonhar com o que não quero, medo de que uma noite não apareças por entre os meus sonhos e que me deixes de vez.
De todas as vezes que fecho os olhos pra dormir e que sonho contigo, não quero mais acordar.
A nossa realidade está um pouco diferente.
Sonhos são apenas sonhos.
Ainda assim acredito que nada é impossível, basta insistir.
Tentar de novo.
Desta vez vou fechar os olhos, como em todas as outras noites, só que agora vou sonhar contigo e tu vais estar a meu lado na mais pura realidade, abraçado a mim.