Separadores

ATENÇÃO

Este blog é pessoal demais. Este blog dá de si e do seu espaço, da sua liberdade, do seu pensamento e, sobretudo, do seu coração.
Acima de tudo: "Eu escrevo como falo, como sonho, como penso."
Por isso SEGUE O QUE SENTES.

11/10/2015

Não vale a pena esconder o amor

O que importa quando amamos é que não vale a pena esconder nada: o sorriso tonto ao ler a mensagem inesperada a meio do dia, o coração em arritmia quando estás quase a chegar ao pé dele, a doçura das palavras quando tentas dizer o quanto gostas dele, nem mesmo tentar esconder o tom de voz aguda e fina com que falas ao telefone com ele. Não vale a pena esconder a palavra "amo-te" de ninguém.
Não vale a pena esconder nada porque o amor é um vício lindo que torna tudo à volta com muito mais sentido. Não vale a pena esconder nada porque o amor é bom quando damos a nossa parte.

Quando as pessoas se têm

«Não sei que dia era, nem como é que aconteceu. As pessoas estão sempre à espera que aconteça algo de extraordinário quando o mais extraordinário é sentires-te bem quando não acontece rigorosamente nada. Naquele dia, não sei quando, entrelaçámos as pernas no sofá. Eu lia um livro e tu fazias zapping. Não sei que horas eram, não fazia ideia do paradeiro do meu telefone, nem tu do teu... E foi aí, no conforto das coisas simples, no vértice da rotina que percebi que o amor era isto: Duas pessoas, a fazerem o mesmo que toda a gente com a diferença de que se têm uma à outra.»

O amor é quando somos nós mesmos os dois juntos. O amor é quando as pessoas se têm.

~ texto tirado daqui ~