Separadores

ATENÇÃO

Este blog é pessoal demais. Este blog dá de si e do seu espaço, da sua liberdade, do seu pensamento e, sobretudo, do seu coração.
Acima de tudo: "Eu escrevo como falo, como sonho, como penso."
Por isso SEGUE O QUE SENTES.

26/05/2012

Lugar a mais

O ano ameaça acabar. Sinto-me cansada. E tu não ajudas.
Em vez de me fazeres sentir melhor, ignoras as minhas preces, não entendes os meus olhares e eu bem te suplico que me abraces e me digas que está tudo bem, mas é inútil... Só precisava que me desses um beijo sério, capaz de me dizer tudo aquilo que não tens coragem, tudo aquilo que receias que eu saiba, tudo aquilo que não sabes explicar.
Gostava que tivesses mais coração, assim mais do tamanho do meu, mas acho que será pedir-te demais, porque as pessoas são todas diferentes, e os corações não têm todos as mesmas dimensões. 
Eu percebo isso, e percebo a tua leveza perante a vida e as coisas, e percebo que nunca tenhas tido alguém como eu que, quando apaixonada, é completamente cega.
Mas mesmo quando me dizes que me amas, fazes-me sentir como se eu estivesse a ocupar lugar a mais na tua vida.

1 comentário:

  1. Isso não é lá muito bom. Eu sei que custa, mas de que vale ter uma relação assim? Em que um ama mais que outro? Em que sentes que não és amada e que estás a dar tudo por tudo, mas não recebes nada do outro lado? De que vale estares a sofrer todos os dias como sofres? Eu já estive no teu lado e pensei duas vezes. Força minha querida. Qualquer coisa eu estou aqui!
    JM

    ResponderEliminar

Olá! Diz-me tudo o que quiseres :)