Separadores

ATENÇÃO

Este blog é pessoal demais. Este blog dá de si e do seu espaço, da sua liberdade, do seu pensamento e, sobretudo, do seu coração.
Acima de tudo: "Eu escrevo como falo, como sonho, como penso."
Por isso SEGUE O QUE SENTES.

15/09/2011

Aos ARROIANOS, caloiros e veteranos

(Sou eu!)

POR Francisco Chagas:

«A vós "não crentes". Para um dia destinado ao fracasso e supostamente pensado em demasia, deixem-me dizer comummente, que correu bastante bem. Foi retardado desde o princípio, devido à enorme participação do conselho executivo e da nossa querida PJ (não culpem os funcionários, pagam-lhes para tal), a caloirada não saía, e a que saía, saía no sentido menos puro da palavra, vocês é que perderam, mas hão de ser aceites, meninos queridos e fofinhos. Lentamente, a empa e simpatia entre os veteranos e os fresquinhos foi aumentando, tanto como o número de pessoas ligadas por um cordel, e não falo do atacador, ou corda que vos atou, mas sim do elo emocional que logo se cria naquela espelunca branca; até ao climax que muitos experienciaram, lá em baixo, nos esguichos "funtanos". Aos que não se sentiram à vontade, durante o ano correrá melhor, aos que abriram-se (rawr) foram uns fofuscos, e quero conhecer-vos. Foi apenas o primeiro dia, e já me sinto tão feliz, ao ponto de ser uma facebook whore, coisas destas devem ser lembradas. Vou dar uma dica aos caloiros que estiverem por aí, apesar de eu achar que eles já o perceberam (TOCA A CONVIDAR A CALOIRADA PARA O ABRAÇOS), não tenham quaisquer problemas em falar tanto comigo, como com as outras pessoas, é tudo "malta fixe", e peço desculpa se não me lembrar das caras dos que provavelmente não se lembram da minha. Amanhã há mais, e vamos ver se dá para presenteá-lo, acho que ainda correrá melhor. Beijinhos, abraços, broches, minetes, etc, para todos os caloiros, e é claro, os alunos mais velhos, que participaram imenso, algo quase não visto no ano passado. Agora, o que acharam vocês, OS QUE também lá estiveram? p.s.: APROVEITEM BEM A "PUTA" DO 10º ANO. Não tenham medo, receio, ou qualquer outro sentimento pejorativo relativamente ao aprender, vão arrepender-se mais tarde.»



[PS: Perdoem a linguagem que podem achar ofensiva. Nós não somos insolentes, somos adolescentes.]

EU ADORO-TE ANTÓNIO ARROIO.
EU VENERO-TE ANTÓNIO ARROIO.
EU AMO-TE ANTÓNIO ARROIO!

1 comentário:

Olá! Diz-me tudo o que quiseres :)