Separadores

ATENÇÃO

Este blog é pessoal demais. Este blog dá de si e do seu espaço, da sua liberdade, do seu pensamento e, sobretudo, do seu coração.
Acima de tudo: "Eu escrevo como falo, como sonho, como penso."
Por isso SEGUE O QUE SENTES.

16/03/2010

Emoções à flor da pele

(qual é que tu queres ser:
o rapaz a quem eu conto os meus segredos
ou o rapaz dos meus segredos?)

Talvez são sejas o rapaz a quem eu conto segredos, talvez porque acho que não os há, ou se há são tão irrelevantes que quando eu estou contigo, a minha mente se abstrai de todos os pensamentos e foge pra Cabo Verde. Talvez também não sejas o rapaz dos meus segredos, porque quase todos os segredos sobre o que penso de ti já estão desvendados. Mas és o rapaz que eu agora não consigo ficar sem e no matter what, a minha mente não consegue parar de pensar em todos os traços do teu rosto, em toda a doçura envolvida nos teus beijos, em todos os arrepios e calor que me proporcionas sem te dares conta e todos os sorrisos mais tontos que me fazes esboçar.
Realmente deves ser um ser do outro mundo (e ambos sabemos que não és lá muito normal) porque, embora feitos do mesmo tecido e vivendo tantas coisas em conjunto com vários risos e choros à mistura, tu fazes-me querer não pensar (até mesmo não pensar em ti), não ter ideias, não sonhar, nada de nada.
Quando estás a meu lado fazes o meu coração bater mais depressa, como quando dizes coisas que eu julgava nunca seres capaz de dizer fosse a quem fosse. Quando estás a meu lado é tudo mais fácil:
eu não penso + tu não pensas = cabeças vazias mas emoções cheias, emoções à flor da pele.

(fotografia por Catarina)

O tempo corre e quando olhamos ele já passou quando devia de parar.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Olá! Diz-me tudo o que quiseres :)