Separadores

ATENÇÃO

Este blog é pessoal demais. Este blog dá de si e do seu espaço, da sua liberdade, do seu pensamento e, sobretudo, do seu coração.
Acima de tudo: "Eu escrevo como falo, como sonho, como penso."
Por isso SEGUE O QUE SENTES.

02/05/2010

Ainda me lembro

Será que posso dar prendas a alguém, mesmo que essa pessoa não faça anos mas faça-os eu? Bem, eu acho que posso. Aqui tens uma prenda pra ti.

Ainda me lembro do primeiro dia em que te vi, do dia em que te conheci, do meu corpo estar cheio de energia, de ter as mãos suadas e de as minhas maçãs do rosto estarem da cor do meu sangue. Lembro-me das minhas pernas terem tremido e o meu coração bater mais forte. Lembro-me da primeira coisa de que disse e da tua reacção. Lembro-me de tantas coisas, mas algumas delas só permanecem pequenas imagens. Mas eu sei que tu irás sempre lembrar-me dos pequenos detalhes que a tua mente capta enquanto a minha só consegue focar-se em ti, na tua imagem, no teu sorriso e nos teus olhos.
Ainda consigo imaginar a tua voz grave e ao mesmo tempo doce a prenunciar as tuas palavras de ontem que por vezes são tão escassas. Ainda me lembro do cheiro da tua pele e dos teus beijos que me fazem desejar ainda mais beijos. Ainda me lembro do teu corpo bem junto do meu, o teu calor a aquecer o meu, do teu olhar da cor do oceano a olhar pra mim em tom de admiração, de te agarrar com quanta força a minha alma tem pra nunca largar a pessoa que mais me põe a cabeça em água. Ainda me lembro de me passar contigo, do quanto me irritas. Lembro-me das discussões e de dizer-te que és estúpido. Lembro-me de me teres magoado, e eu a ti.
Mas no meio de tantas lembranças que a minha mente consegue suportar, ainda me lembro de que te odeio tanto que te amo. Ainda bem que te encontrei.
E repito a primeira coisa que te disse na primeira vez que te vi: "procurei-te por todo o lado!".

1 comentário:

Olá! Diz-me tudo o que quiseres :)