Separadores

ATENÇÃO

Este blog é pessoal demais. Este blog dá de si e do seu espaço, da sua liberdade, do seu pensamento e, sobretudo, do seu coração.
Acima de tudo: "Eu escrevo como falo, como sonho, como penso."
Por isso SEGUE O QUE SENTES.

10/11/2010

Dia 10 - Algo que te orgulha / desabafo

Orgulha-me eu ser assim como sou. Orgulha-me as coisas que eu faço e que eu acho que estão bem/certas (como a minha parede :D). Orgulha-me os meus amigos, as minhas princesas, a minha família e o meu amor. Orgulha-me ser decidida, orgulha-me gostar do que faço. Orgulha-me morar onde moro e gostar de cá morar. Orgulha-me ter tudo tão perto. Orgulha-me ser eu, porque tenho orgulho (e amor próprio) de mim!
Orgulha-me ser ser respondona por vezes e orgulha-me ser má de vez em quando (uma moça não pode ser sempre coração mole, há-que ter firmeza!). Orgulha-me o que é meu por direito! Orgulha-me não ser de ferro mas agir como tal, e não, não é uma máscara nem uma faceta, é apenas uma (a minha) personalidade.
[DESABAFO Nº TRÊS MIL TREZENTOS E TRINTA E TRÊS (?): Hoje vim a descobrir que PLAGIARAM alguns dos MEUS textos daqui do MEU precioso blog! Há quem esteja do meu lado e a esse agradeço imenso mas também há quem não entenda o quanto custa saber ou descobrir que copiaram os nossos "sentimentos" e fizeram deles como seus próprios, porque uma coisa é reverem-se no que eu escrevo (como já alguém me disse há uns tempos atrás), outra é copiaram o que eu escrevi e fazer dessas as próprias palavras!, mas eu sei que me apoiam, embora não compreendam.
Mas sabem que mais? Eu nem estou chateada com o facto de me terem plagiado, porque a essa gente digo apenas "E a originalidade, onde é que ficou?!" e confesso que até sinto um leve elogio por terem gostado das minhas palavras, mas eu estou é magoada, quase revoltada, porque é como se me levassem um bocadinho do que eu sou, me roubassem as palavras ou a voz e eu tivesse ficado em silêncio, imóvel, encostada a uma parede fria, sozinha e com a alma ferida. Eu não estou zangada por me terem plagiado, repito, estou apenas triste porque hoje roubaram-me a alma e não sei quando ma devolvem.]

5 comentários:

  1. Essas pessoas que te apoiam (e eu sou uma delas!) sabem que a originalidade é tua, o talento é teu, as criações são tuas, e neste mundo só nos pode interessar nós próprios e os nossos. Copiarem e tirarem-nos sem permissão aquilo que nos pertence revolta e muito, é verdade, e devemos lutar por isso até ao fim, mas lá no fim percebemos que são as (nossas) pessoas verdadeiras, as que estarão eternamente lá é que interessam. A essas é que devemos dar importância, porque sabem como realmente somos!We're the best, fuck the rest! ;)
    Conta sempre, Cat <3

    ResponderEliminar
  2. Ohh obriagda Bea, obrigada mesmo peo apoio (:

    ResponderEliminar
  3. HAHAHAHA minha querida...Let IT GO!! don´t stress..manda um email a essa pessoa e pergunta-lhe se agora se sente melhor, e que estas feliz por ter dado as tuas palavras a quem não tem VOZ:)

    don´t stress:)
    big KISS

    C*

    ResponderEliminar
  4. infelizmente existem pessoas sem qualquer caracter e /ou ate mesmo consciencia. ta,bem ja me copiaram parte de um texto, onde outros infelizes comentaram sem sequer entender o verdadeiro significado. revoltada é a palavra correcta para o que senti na altura e hoje olho para essa pessoa e sinto nojo dela :/

    continua a escrever e a criar estes belissimos textos que são inteiramente teus. um grande beijinho

    ResponderEliminar

Olá! Diz-me tudo o que quiseres :)