Separadores

ATENÇÃO

Este blog é pessoal demais. Este blog dá de si e do seu espaço, da sua liberdade, do seu pensamento e, sobretudo, do seu coração.
Acima de tudo: "Eu escrevo como falo, como sonho, como penso."
Por isso SEGUE O QUE SENTES.

26/11/2010

Mesmo quando eu não sabia quem tu eras, eu pressenti que já sabia tudo de ti


Eu já sabia, mesmo quando eu não sabia quem tu eras, eu pressenti que já sabia tudo de ti, e foi nesse momento que me apercebi que estava inevitavelmente e perdidamente apaixonada por tudo o que descobri sobre o teu, tão esperado pelo meu coração, ser.
E digo-te convictamente, sem receios nem rodeios: não sei mais flutuar no meu pequeno mundo de mel e algodão doce sem o cheiro intenso, fresco e viciante da tua pele a pairar no meu ar, nas minhas nuvens, nas minhas estrelas, no meu céu, em cada esquina, a cada virar de página do romance que leio no comboio - e que se lixe o resto, lá vou eu amar-te pra eternidade.

3 comentários:

  1. Adorei o texto , já estou a seguir :)
    Também pode seguir o meu ? beijinho ^^

    ResponderEliminar
  2. Um grande texto descritivo.adorei. (Vou seguir)

    ResponderEliminar

Olá! Diz-me tudo o que quiseres :)