Separadores

ATENÇÃO

Este blog é pessoal demais. Este blog dá de si e do seu espaço, da sua liberdade, do seu pensamento e, sobretudo, do seu coração.
Acima de tudo: "Eu escrevo como falo, como sonho, como penso."
Por isso SEGUE O QUE SENTES.

04/11/2011

Oh casinha da minha tão distante Lisboa

Mentes retrogradas e eles são dois. Diferentes, mas no fundo iguais.

Onde anda a minha casa pequenina, no último andar de um prédio, com uma varanda cheia de luz pela manhã a raiar na minha grande janela do quarto e da sala? Oh minha Lisboa, hoje estás longe, mas de certo não estarás longe para sempre porque eu quero morar em ti, no teu coração mais belo e mais puro, o mais depressa possível.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Olá! Diz-me tudo o que quiseres :)