Separadores

ATENÇÃO

Este blog é pessoal demais. Este blog dá de si e do seu espaço, da sua liberdade, do seu pensamento e, sobretudo, do seu coração.
Acima de tudo: "Eu escrevo como falo, como sonho, como penso."
Por isso SEGUE O QUE SENTES.

14/09/2012

50 MIL!!!

Quando comecei este blog NUNCA pensei que iria chegar a ter tantos seguidores, nem muito menos tantas visitas!!  Desde 2009 a escrever o meu coração, a minha alma toda neste espaço tão virtual e tão íntimo que foi o espaço onde cresci e aprendi a conhecer-me a mim própria, porque quando escrevo liberto-me, consolido-me, aprendo-me, valorizo-me e sobretudo, amo-me a mim própria. Foi aqui que aprendi a falar do coração, falar de amor e a tentar explicar aquilo que se sente, nos instantes em que estamos a viver. 
Já ri a escrever, já chorei a escrever. Já escrevi para quem leu e para quem talvez nunca tenha chegado a ler aquilo que escrevia sobre e para ela. Já escrevi coisas noutros lados só meus para depois publicar neste blog que já é uma grande parte de quem eu sou que, no final de contas, ainda não sei bem quem.
Mas 50 MIL!! Isso é muita visita, muitos olhos postos em mim.
Confesso que às vezes tenho sinto falta do meu anonimato, porque afinal, 50 MIL visitas não são apenas 5 ou 6, e há sempre coisas que terei sempre medo de dizer, coisas mais escondidas do meu ser, segredos do meu pequenino coração.
Não penso que estarei a esconder a minha verdadeira essência em só escrever sobre o meu amor, sobre o que sinto, pois a minha verdadeira essência está aí e quem me conhecer certamente saberá ler as minhas entrelinhas, ler os meus pontos finais com a minha voz, pensar ao meu jeito.
Sinto que este é um elo muito grande que tenho, comigo própria e com outras pessoas que muitas vezes sentem parecido mas não sabem explicar o que sentem, porque não têm definições. E eu também sou uma pessoa sem definições, só amor verdadeiro no coração, uma chama que não apaga, um passo apressado, uma curva bem vincada no sorriso e um olhar certo, seguro.

Com este blog não pretendi, nem pretendo, alcançar sucesso a nenhum nível, só quero que, quem me lê,  sinta que pode escolher sempre o seu caminho, que pode sempre moldar o seu futuro mas que a melhor parte é o inesperado, o incerto, o surpreso. Porque a vida é uma surpresa. E o amor uma loucura. E é dessas quatro coisas que eu gosto nisto tudo: da vida, das surpresas, do amor e da loucura.
A ti, que me lês, nunca deixes de acreditar que és capaz. SEGUE O QUE SENTES. SEMPRE.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Olá! Diz-me tudo o que quiseres :)