Separadores

ATENÇÃO

Este blog é pessoal demais. Este blog dá de si e do seu espaço, da sua liberdade, do seu pensamento e, sobretudo, do seu coração.
Acima de tudo: "Eu escrevo como falo, como sonho, como penso."
Por isso SEGUE O QUE SENTES.

16/01/2013

Vou guardar o teu olhar



Podes perdoar e não esquecer. Mas não podes esquecer sem perdoar. Perdoar dói, mas é sempre preciso coragem. É um acto onde deixas o teu orgulho, engoles as palavras e os medos e aceitas que a outra pessoa que te pede desculpa cometeu um erro. Toda a gente comete erros e por isso, perdoar, embora não seja fácil, ás vezes é necessário, para tu entrares em paz contigo mesma/o. Já esquecer só consegues quando perdoas o outro, que é a parte difícil da questão. Só esqueces quando tu decides que já chega de sofrer. Podes viver uma vida inteira a perdoar erros e a não esquecê-los. Mas se os queres esquecer, se queres esquecer algo, tens que perdoar sempre algo também, nem que seja a tua própria alma ou a tua própria vontade, por não conseguires ir mais além, por já não teres forças, por apenas teres deixado de gostar. Tu podes perdoar quem tu quiseres, mas terás sempre que te perdoar a ti própria/o e só a seguir, conseguirás seguir em frente, esquecer e deixar no coração só as lembranças boas.


Agora que já te perdoei, estou pronta para te esquecer. 
Vou só guardar de ti o teu olhar. *

Sem comentários:

Enviar um comentário

Olá! Diz-me tudo o que quiseres :)