Separadores

ATENÇÃO

Este blog é pessoal demais. Este blog dá de si e do seu espaço, da sua liberdade, do seu pensamento e, sobretudo, do seu coração.
Acima de tudo: "Eu escrevo como falo, como sonho, como penso."
Por isso SEGUE O QUE SENTES.

14/07/2013

Boa sorte sem mim

«Não adianta implorar para ninguém ficar, fica quem quer. E é por isso que te estou a deixar ir. Não estou a desistir, nem a ser fraca. Eu errei, tu erraste, errámos. E ajoelhares-te aos seus pés não muda nada, só tortura mais. Então vou desaparecer um pouco, bloquear-te da minha mente. Não quero ouvir notícias tuas, nem boa nem ruim. Não vou responder a mensagens, não agora. Tu precisas sentir falta, precisas ver se realmente me queres. E não é que eu vou estar aqui à tua espera, mas amor não acaba fácil. E ainda que eu esteja a ser forte, se tu voltares, eu deixo-te entrar. Mas cada dia a mais, é algo a menos. E a verdade, tu sabes, se tiver que ser, daqui 10 anos a gente encontra-se. 
Boa sorte sem mim.»

Sem comentários:

Enviar um comentário

Olá! Diz-me tudo o que quiseres :)