Separadores

ATENÇÃO

Este blog é pessoal demais. Este blog dá de si e do seu espaço, da sua liberdade, do seu pensamento e, sobretudo, do seu coração.
Acima de tudo: "Eu escrevo como falo, como sonho, como penso."
Por isso SEGUE O QUE SENTES.

02/09/2013

Peace of mind

Eu estava incrivelmente apaixonada por ele. Mas de repente os meus olhos viram algo diferente. Algo mudou, não sei ao certo o quê. Senti um aperto no peito, um sufoco enorme, senti que me perdera algures e que não sabia achar o caminho de volta a casa. Senti que tinha que abandonar tudo o que me fazia mal e começar a esvaziar a cabeça e o coração.
Eu tive que ir embora. Eu não podia ficar mais. E eu posso não querer estar com alguém, mas pelo menos sei que não estou sozinha.

Eu não procuro mais nada que não seja paz. E um pouquinho de loucura...


Sem comentários:

Enviar um comentário

Olá! Diz-me tudo o que quiseres :)