Separadores

ATENÇÃO

Este blog é pessoal demais. Este blog dá de si e do seu espaço, da sua liberdade, do seu pensamento e, sobretudo, do seu coração.
Acima de tudo: "Eu escrevo como falo, como sonho, como penso."
Por isso SEGUE O QUE SENTES.

08/10/2013

FINALMENTE

Soube que o tinha esquecido quando me apercebi que, finalmente, já tinha parado de sonhar com ele. Se o sonho é o inconsciente do cérebro, das palavras oprimidas e dos desejos escondidos, ele já não faz parte desse mundo! AMÉN! E como ele já não fazia parte de qualquer outro mundo meu, deixou, finalmente de fazer parte de mim.
E finalmente passou, finalmente já posso ser feliz sem estar aprisionada ao que poderia ser se tudo tivesse sido diferente... Se... Se... Se... Se fosse mais homem e mais capaz, se soubesse uma vez na vida o que queria comigo... Mas como os homens nunca são capazes de decidir nada em relação ás mulheres eu decidi! Desta vez eu sei o que é que quero. E o que eu quero é que ele não volte para a minha vida. Não da maneira como entrou. Não. Nunca mais. E agradeço se ele puder deixar-me ser feliz como eu quero. Sem ele.

As mulheres nunca sabem o que hão-de vestir. Já os homens nunca sabem decidir-se!

Beijos, fui ser feliz. FINALMENTE!


[Escrito à uns tempinhos atrás. Agora faz todo e completo sentido ser partilhado.]

Sem comentários:

Enviar um comentário

Olá! Diz-me tudo o que quiseres :)