With all my love, to you, my sweet little angel.

Eu sou paranóica. Ele chama-me filmada. Talvez eu esteja ate no curso errado. Arquitectura foi a minha quarta opção. E eu sempre disse que nunca iria ser arquitecta. Na verdade o meu sonho nunca foi desenhar paredes e vãos e portas, e que tudo se tornasse prazeroso para alguém habitar e se sentisse in home. O meu sonho sempre foi desenhar palavras num papel, onde as letras surgiam para contar uma historia. E continua a ser. Já devia ter começado há muito a escrever mesmo algo de jeito, mas sou fraca e não consigo. 
Ultimamente só sonho mesmo comigo e contigo. E a cada noite, sob o céu de estrelas e por entre a janela que deixo aberta, antes de dormir, desejo com muita força que nunca deixes de ver o brilho que eu tenho nos meus olhos, os olhos grandes e cheios de curiosidade que tu dizes que são. Nunca ninguém me disse nada mais bonito sobre os meus olhos. Eu desejo ainda acordar uma pessoa melhor, que os meus medos e as minhas fraquezas não destruam aquilo que nós somos e que, no fundo, entendas que todos temos defeitos. 
Na verdade, meu amor, eu desejo só que perdoes as minhas falhas, e que não deixes que as coisas más virem do avesso todo o amor que sentes por mim. Nunca gostei de alguém tão intensamente como gosto de ti e acho que nunca mais vou encontrar um amor que me preencha e me dê tanto quanto o teu.

Desculpa às vezes ser uma broken-piece que tu tanto consertas e ter tanto drama dentro dos pulmões e da cabeça.

Obrigada por ficares sempre do meu lado. Obrigada por nunca desistires de me esboçar um sorriso nos meus lábios. 
Por todas essas razões e mais uma infinidade delas, amo-te.
Obrigada.

Amar-te é um privilégio. Ser tua namorada, uma honra.



Comentários

Enviar um comentário

Olá! Diz-me tudo o que quiseres :)

Mensagens populares deste blogue

"A minha casa é o teu coração"

O lado mais triste do amor é não sentir nada

O amor é fodido